Gil Vicente 2-2 Sp. Braga

Gil Vicente está na final

Segundo finalista foi encontrado através da marcação de grandes penalidades, onde o Gil Vicente foi mais forte que o SC Braga. Formação de Barcelos marcará presença na final da quinta edição da Taça da Liga, ao lado do Benfica.

gil-brag

O Gil Vicente venceu, esta quinta-feira, o SC Braga por 4-2 nas grandes penalidades, após o 2-2 no tempo regulamentar, em jogo das meias-finais da Taça da Liga, disputado no Estádio Cidade de Barcelos.

Hugo Vieira inaugurou o marcador aos 16 minutos para o Gil Vicente mas os golos de Lima (25') e Hélder Barbosa (31') deram a volta ao resultado. Aos 89 minutos surgiu o golo inesperado de Júnior Caiçara, levando a decisão do segundo finalista para as grandes penalidades, onde a equipa de Barcelos foi mais forte.

A equipa orientada por Paulo Alves marcará presença, pela primeira vez, na final desta competição organizada pela Liga Profissional de Futebol Português. Pela frente terá um veterano, o Benfica, que já venceu a Taça da Liga por três vezes.

gilv brag


Para chegar à final, o clube de Barcelos, que já causou muitos danos aos três “grandes” do futebol português esta temporada e tendo eliminado, os Leões na presente edição da Taça da Liga, ainda na fase de grupos, teve de eliminar o SC Braga, candidato ao título, na marcação de grandes penalidades.


A equipa de Barcelos entrou melhor no encontro, marcando o primeiro golo no Estádio Cidade de Barcelos aos 16 minutos com um belo trabalho do avançado português Hugo Vieira, que se desembaraçou de dois defesas do Braga e tendo feito um chapéu a Quim.


gil bra

Mas a equipa de Braga demonstrou que não está na corrida pelo titulo nacional por acaso e soube reagir da melhor com dois golos de respostas ainda na primeira parte. O golo do empate foi da autoria do suspeito do costume, o brasileiro Lima, e o da reviravolta teve a assinatura de Hélder Barbosa.


No segundo tempo, o ritmo foi menos intenso, destacando-se um falhanço incrível de Lima. O avançado brasileiro podia ter "matado" o jogo em Barcelos aos 74 minutos mas demorou muito tempo a desenvencilhar-se da defesa gilista.


Quando tudo parecia encaminhado para a vitória bracarense, mesmo estando mais relaxado na parte final do encontro, Júnior Caiçara encontrou o caminho para o golo em cima do minuto 90, levando a partida para a decisão de grandes penalidades.


Nas grandes penalidades, Hélder Barbosa e Ukra falharam as suas respetivas marcações, com boas defesas de Adriano, enquanto o Gil não desperdiçou nenhuma oportunidade.


A final da Taça da Liga joga-se a 14 de abril em Coimbra.


© ÓrbitanewsSport 2011