Rali do México

Armindo Araújo em oitavo, Solberg lidera

Ao volante de um Ford Fiesta RS, Solberg cumpriu em 53,7 segundos o percurso de 1,05 quilómetros desenhado nas ruas de Guanajuato, batendo por quatro décimos o francês Sébastien Loeb (Citroen DS3), octocampeão mundial e líder do campeonato de 2012.

armindo araujo-

O português Armindo Araújo foi esta sexta-feira o oitavo piloto mais rápido na curta super especial de abertura do Rali do México, terceira prova do Campeonato do Mundo, liderada pelo norueguês Petter Solberg.

Ao volante de um Ford Fiesta RS, Solberg cumpriu em 53,7 segundos o percurso de 1,05 quilómetros desenhado nas ruas de Guanajuato, batendo por quatro décimos o francês Sébastien Loeb (Citroen DS3), octocampeão mundial e líder do campeonato de 2012.

O norueguês Mads Ostberg (Ford Fiesta RS) foi o terceiro mais rápido, a seis décimos do compatriota, enquanto Armindo Araújo levou o Mini JCW WRC ao oitavo lugar, ao gastar mais 1,7 segundos do que Solberg, que ganhou no México em 2005.

O piloto português, bicampeão mundial de Produção, tinha sentido muitas dificuldades durante a ronda de qualificação, que voltaram esta madrugada a afetar o seu desempenho durante a super especial, ainda que em menor grau.

«Durante a classificativa espetáculo sentimos apenas que o carro continua com falta de potência. Estão a tentar resolver o problema, mas não sei se será possível melhorar a situação. Vamos arrancar amanhã (hoje) com a noção de que pouco poderemos discutir em termos de resultado», disse Armindo Araújo.

O português terá o inconveniente adicional de ser o primeiro a sair hoje para a primeira etapa, «limpando» a estrada para os adversários, depois de os pilotos terem escolhido as posições em que pretendem arrancar, uma novidade introduzida este ano pela FIA para os ralis de terra.

A primeira etapa da prova mexicana, que antecede o Rali de Portugal no calendário do Campeonato do Mundo, compreende um total de 11 “especiais” em piso de terra na região Leon.


© ÓrbitanewsSport 2011