Loeb

Loeb atribui abandono a nota mal compreendida

Piloto francês da Citroen culpou o seu copiloto, Daniel Elena, pelo despiste logo na primeira etapa do Rali de Portugal.

loeb--

O piloto francês Sébastien Loeb, octocampeão mundial de ralis, atribuiu hoje o despiste que levou ao abandono no Rali de Portugal a uma «má compreensão» da nota ditada pelo seu copiloto, Daniel Elena.

«Num troço noturno a visibilidade já não é a melhor. Chegámos a uma curva ‘cega’ no topo de uma subida, que virava para a direita. E eu virei para a esquerda. A nota foi mal compreendida», explicou Loeb, em conferência de imprensa.

O piloto francês da Citroen, líder do Mundial de 2012, abandonou o rali português, quarta prova do campeonato, em consequência de uma aparatosa saída de estrada na segunda classificativa noturna de quinta-feira.

«Estávamos no início do rali, por isso estava ao ataque. As condições eram boas e não havia muito pó, nem lama. O despiste não aconteceu porque estava a andar mais depressa do que devia, ou porque travei demasiado tarde», observou Loeb.

O octocampeão mundial assinalou que o embate «não foi muito violento», mas danificou o arco de segurança do Citroen, inviabilizando a continuidade na prova.

«Foi uma saída de estrada original. Quando me apercebi do erro ainda tentei virar à direita, mas já era demasiado tarde. A minha primeira reação foi insultar o Daniel. Era preciso arranjar um bom culpado», assinalou Loeb, esboçando um sorriso.


© ÓrbitanewsSport 2011