Espanha

Miguel Oliveira caiu e abandonou quando liderava

Piloto português liderava o GP de Espanha quando caiu à quarta volta do circuito de Jerez de La Frontera.

mi-oli

O português Miguel Oliveira (Suter Honda) adiaou hoje aquela que poderia ter sido a sua primeira vitória em Moto 3, ao cair quando liderava o Grande Prémio de Espanha, segunda prova do Mundial de motociclismo.

Na quarta das 23 voltas ao circuito de Jerez de La Frontera, o portuguêss comandava a corrida quando foi vítima de uma das muitas quedas que se registaram praticamente desde que foi dada a partida, numa prova ganha pelo italiano Romano Fenati (FTR Honda), no líder do campeonato.

A prova foi declarada com piso seco e as equipas montaram penus "slics", mas a pista apresentava zonas molhadas e foram mais de 20 os pilotos que perderam o controlo das motos, sobretudo na primeira metade da corrida.

Miguel Oliveira, que largou da terceira posição da "grelha", chegou à liderança na segunda volta, depois de ultrapassar o espanhol e seu companheiro de equipa Alex Rins, que saiu da "pole", e o checo Jakub Kornfeil (FTR), mas a liderança durou apenas duas voltas.

«Estou chateado. Foi um fim-de-semana quase perfeito. Estive sempre na frente. Após a queda, estava em condições de regressar à corrida, mas os comissários impediram. Agora temos de refletir no que aconteceu e olhar em frente porque no próximo fim-de-semana temos já a jornada do Estoril», afirmou o piloto de Almada, de 17 anos.

Vindo da quinta posição da "grelha", Romano Fenati geriu bem as condições adversas da pista e alcançou o comando na 11.ª volta, não mais a largando até final, terminando com um avanço de 36 segundos face ao segundo, o espanhol Luis Salom (Kalex KTM). O alemão Sandro Cortese (KTM) e Alex Rins terminaram nas posições seguintes.

Após duas das 17 provas do Mundial e antes do Grande Prémio de Portugal, Fenati comanda com 45 pontos, mais 10 do que o espanhol Maverick Viñales, vencedor no Qatar, enquanto Luis Salom é terceiro, com 33. Miguel Oliveira segue na oitava posição, com os 11 pontos conquistados no Qatar, onde foi quinto.

O Grande Prémio de Portugal disputa-se no circuito do Estoril, a 06 de maio.


© ÓrbitanewsSport 2011