Benfica 0-1 Chelsea

Grande vitória  do Chelsea na Luz



Num grande golo o Chelsea sai do Estádio da Luz com uma vitória por 1-0 e uma importante vantagem para a segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões.

benfica chel

No dia Mundial do Teatro, assistiu-se a um drama no Estádio da Luz numa peça em que o Chelsea protagonizou o papel de vilão e levou a melhor por 1-0. Kalou (75') foi o autor do único golo do encontro e que deixa o Benfica em maus lençois para o encontro da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeoes.

Primeira parte:

Perante um Estádio da Luz praticamente cheio e num jogo de supra importância para Benfica e Chelsea, a primeira parte não foi especialmente bem jogada.

Os ingleses demonstraram que vieram jogar em contenção. O Chelsea procurava imprimir um ritmo mais baixo para adormecer o encontro e o Benfica, indo de quando em vez à área contrária.

Por seu lado, os encarnados experimentavam acelerar o seu jogo pelos seus alas, mas tiveram em Cardozo um avançado perdulário. Nas duas mais flagrantes situações de golo, o paraguaio não acertou com a baliza.

Do lado do Chelsea, a maior situação do golo partiu dos pés de Raul Meireles que, de fora da área, rematou proporcionando uma boa defesa a Artur.

benfica che

O Benfica terminou a primeira parte com mais remates (7), num jogo pautado pelo equilíbrio. O resultado ao intervalo (0-0) expressava um jogo de muitas cautelas de parte a parte.

 Segunda parte:

Nos últimos 45 minutos, as duas formações deixaram as formalidades no balneário e entregaram-se a um jogo mais animado, mais vivo e mais bem jogado. Principalmente o Benfica que apareceu transfigurado, com uma circulação de bola mais rápida, mais qualidade de passe, chegando com perigo à baliza de Peter Cech.

chelsea ben

Cardozo atirou aos 47 minutos e só não marcou porque David Luiz tirou a bola sobre linha de golo. Pouco depois foi Bruno César a tentar a sua sorte de fora da área, mas sem sucesso. O público empolgava-se, gostava do que via e os jogadores continuam a sua cavalgada rumo à baliza contrária.

Pelo meio, Juan Mata congelou a Luz com um remate ao poste, mas tudo ficou para trás quando Jardel cabeceou para a defesa noite de Peter Cech.

Parecia que o golo estava para acontecer e aconteceu, mas para a equipa forasteira. Numa transição rápida, Torres cruzou e Kalou atirou para o fundo das redes do Artur. Um golo cheio de cinismo, que silenciou a maioria dos espectadores presentes no Estádio da Luz.

O treinador Jorge Jesus já tinha mexido e voltou a mexer. Depois das entradas de Rodrigo e Matic, colocu Nolito, mas nada se alterou.

A equipa treinada pelo italiano Di Matteo levou a melhor e o Chelsea está na frente da eliminatória.


© ÓrbitanewsSport 2011