Bayern M. 7-0 Basel

Bayern imita Barça e ‘trucida’ Basileia

O Bayern de Munique está nos quartos de final da Liga dos Campeões. Gómez faz ‘poker’.

bayern m

Impressionante! Depois de perder 1-0 em Basileia, na primeira-mão, e de quando fazer da equipa suíça um ‘tomba-gigantes’ , o Bayern de Munique trucidou o seu adversário: 7-0 foi o resultado do encontro (7-1 no cômputo das duas mãos), que coloca os germânicos nos quartos de final da Liga dos Campeões.

O massacre começou bem cedo. Aos 11 minutos, quando os motores ainda aqueciam, Robben fletiu da direita para o meio, rematou, sem hipóteses para o guarda-redes. A eliminatória estava empatada, mas ainda havia 79 minutos para jogar.

Até ao minuto 42 tudo esteve calmo. Mas depois disso, o Bayern carimbou o passaporte para a príoxima fase. Primeiro foi Müller, a dar o melhor seguimento a um cruzamento de Robben, e depois foi Luiz Gustavo (44’), a passe de Badstuber.

Descanso de 15 minutos, e a segunda parte pertenceu a Mário Gómez, que não imitou Messi por uma unha negra. Aos 50’, o primeiro golo, num grande golo a passe de Ribéry, depois aos 60’, um remate colocado e o marcador a mostrar 5-1. Não satisfeito, aos 60’, fez o seu terceiro, o sexto dos alemães. Parou no ‘poker’, aos 67’, num outro grande golo e de novo servido por Frank Ribéry.

Robben, que abriu caminho à chuva de golos, fechou a contagem aos 81’, num grande passe de Schweinsteiger.

Gómez não fez uma ‘mão cheia’ ( ou uma manita, em castelhano), e por isso não igualou Messi, mas ao contrário do Barcelona ante o Leverkusen, fez sete e não sofreu nenhum.

O Basileia que ‘derrubou’ o Manchester United ainda na fase de grupos, foi impotente contra a máquina alemã. Marcou o golo de honra na Suíça e ainda sonhou em derrubar mais um gigante europeu.


© ÓrbitanewsSport 2011