José Mourinho

Onde o leão caiu, Real ergueu-se para ser campeão


A duas jornadas do fim, José Mourinho leva o Real Madrid a conquistar o seu 32.º título de campeão de Espanha.

mouri--

O Real Madrid venceu, esta quarta-feira, por 0-3 o Athletic de Bilbao, em jogo de atraso da 20.ª jornada do campeonato espanhol, disputado no Estádio San Mamés no País Basco. Higuaín (16'), Ozil (20') e Ronaldo (50') marcaram os golos que deram o título de campeão ao Real.

No encontro - em atraso ainda devido à greve dos jogadores no início da época - em San Mamés, em Bilbao, José Mourinho promoveu três novidades na equipa inicial, fazendo alinhar o português Fábio Coentrão na defesa e Higuaín e Callejón no ataque merengue.

Mas a noite de glória madrilena não começou da melhor forma para o Real. Logo aos 12 minutos, o árbitro assinalou grande penalidade contra o Athletic de Bilbao e Cristiano Ronaldo, que tem agora dois golos de atraso para Lionel Messi (46 golos na Liga espanhola), não aproveitou. O internacional português tentou converter "à Panenka" e o guardião dos bascos defendeu.

mourinho-rm

Volvidos três minutos, Gonzalo Higuaín, ele que parece estar de saída do Real, inaugurou o marcador com um grande golo. Aos 20 minutos, Ozil fez o segundo, após grande passe de Ronaldo.

Por volta dos 35 minutos, a equipa finalista da Taça do Rei e Liga Europa esteve muito perto de reduzir por duas vezes. Primeiro Casillas defendeu e, na recarga, a bola foi à barra.

No segundo tempo, Cristiano Ronaldo (50') redimiu-se do penálti falhado e fez o 0-3 de cabeça, na conversão de um pontapé de canto.

Por tudo o que fez na segunda parte, a equipa orientada por Marcelo Bielsa merecia ter saída da sua casa, pelo menos, com um golo. No entanto, quem saiu, aos 73 minutos, foi Javi Martínez depois de ver o segundo cartão amarelo. 

A faltarem duas jornadas para o fim, com sete pontos de avanço sobre o segundo classificado, o Barcelona, que hoje venceu o Málaga por 4-1, o Real Madrid conquista o seu 32.º título, no segundo ano de Mourinho e no terceiro de Cristiano Ronaldo ao serviço da formação da capital espanhola.


© ÓrbitanewsSport 2011