Barcelona 1-2 Real Madrid

Mourinho e Ronaldo arrasam Camp Nou

Jogo perfeito dos merengues deu o primeiro triunfo de José Mourinho, como treinador do Real Madrid, em Camp Nou.

messi--

O Real Madrid venceu o Barcelona por 2-1, no clássico da 35.ª jornada, e praticamente garantiu o título de campeão espanhol. Cristiano Ronaldo foi decisivo na vitória da equipa de José Mourinho ao apontar o golo do triunfo, um minuto depois de o Barcelona ter feito 1-1 por Alexis Sanchez.

Um jogo entre rivais históricos é sempre um acontecimento planetário em plena era da globalização. Em Espanha, a rivalidade entre Real Madrid e Barcelona assume contornos estratosféricos pois sempre que uma das equipas assume a hegemonia do futebol espanhol a outra tem a obrigação histórica de a suplantar num espécie de dinâmica Yin-Yang.

O Barcelona tem sido a força vencedora nos últimos anos em Espanha mas o clássico da 35.ª jornada pareceu indicar uma alteração nas forças futebolísticas.

Com a decisão do título a poucas jornadas do final do campeonato, o Real Madrid surpreendeu Camp Nou com uma atitude ofensiva mas sem grande profundidade. Pep Guardiola surpreendeu ao apostar em Tello no onze inicial e o resto foi bola corrida.

Um erro de Puyol aos 17’ minutos permitiu ao Real Madrid adiantar-se no marcador por intermédio de Khedira depois de um canto marcado por Di Maria. O defesa catalão mostrou-se muito passivo, depois de uma defesa incompleta de Valdés, e o internacional alemão aproveitou para colocar o Real Madrid na liderança do marcador.

crist

A vantagem no marcador permitiu ao Real Madrid jogar com maior tranquilidade enquanto o Barcelona, com um Lionel Messi muito apagado, tentava responder com o seu carrossel de passes de rutura.

Ao intervalo, o Real Madrid vencia em Camp Nou e a estratégia de José Mourinho parecia suplantar a de Pep Guardiola.

O Real Madrid não vencia o Barcelona em Camp Nou desde 2007/2008 e no segundo tempo parecia que o filme dos últimos tempos iria repetir-se quando Alexis Sanchis fez o empate aos 70’ minutos depois de um lance confuso na área do Real Madrid.

Os melhores jogadores são obrigados a decidir grandes jogos e Cristiano Ronaldo saiu da sombra de Messi perante o senado catalão no minuto seguinte. O internacional português, lançado por Ozil, correu e frente a Valdes fez o 2-1 com uma frieza cruel para as aspirações catalãs.

Até ao final, o Barcelona tentou o empate mas até foi o Real Madrid quem esteve mais perto do golo. No final, Barcelona 1, Real Madrid 2. As faixas de campeão podem ser encomendadas e enviadas para Madrid pois sete pontos de vantagem dão confiança e tranquilidade para que José Mourinho consiga sagra-se campeão em Espanha.


© ÓrbitanewsSport 2011