U. Leiria 0-1 Sporting

Estrelinha para a Europa

Um livre de Matías Fernandez a dois minutos do fim permitiu ao Sporting vencer fora de casa quase cinco meses depois.


matias fernandes-

O Sporting venceu a União de Leiria por 1-0, em jogo da 25.ª jornada do campeonato nacional. Os leões desperdiçaram algumas ocasiões de golo e perante a falta de ambição do Leiria quase iam perdendo dois pontos na Marinha Grande. 

Com uma autêntica revolução no onze inicial, Sá Pinto tirou oito habituais titulares do Sporting para dar alguma rotatividade a jogadores do plantel leonino que não têm tido muitas oportunidades e poupar a equipa para a Liga Europa.

No regresso de Daniel Carriço ao eixo da defesa leonina, o Sporting apresentou-se na Marinha Grande com Santiago Árias, André Martins, André Carrillo e Diego Rubio de início.

A União Leiria criou a primeira oportunidade de golo do jogo quando Xandão permite a fuga a Bruno Moraes aos 3’ minutos mas o avançado isolado não conseguiu bater Rui Patrício.

A luta a meio-campo foi intensa nos primeiros minutos, dificultando as ações ofensivas do Sporting. Exemplo dessa luta foi a entrada de Keita sobre Renato Neto aos 7’ minutos já depois de Insúa desperdiçar uma oportunidade soberana de golo

A equipa de Dominguez apostava no contra-ataque e do lado do Sporting apenas a velocidade de Santiago Árias provocava desequilíbrios junto à área do Leiria.

Aos 22’ minutos, Insúa voltou a ter uma grande oportunidade de golo. O lateral argentino apareceu isolado junto a Oblak, após um excelente cruzamento de Santiago Árias no lado direito, mas o remate de primeira sai por cima da baliza.

O Sporting começou então a dominar os processos a meio-campo com a União Leiria a permitir a troca de bola entre os médios leoninos. Renato Neto ainda tentou surpreender Oblak perto do fim da primeira parte com um remate de longe.

O nulo no marcador ao intervalo obrigava Sá Pinto a operar mudanças na equipa de Alvalade e foi sem surpresa que o técnico leonino lançou Schaars no arranque do segundo tempo.

Logo nos primeiros instantes da segunda parte, Carrillo, numa jogada individual, ultrapassa Keita e remata com perigo à baliza, mas a bola acaba por ser desviada por Edson e sai ao lado.

ul spo-

Aos 51’ minutos, o Sporting reclamou uma grande penalidade depois de um remate de Schaars ter sido interceptado por Keita. Pedro Proença considerou bola na mão e mandou seguir.

Sá Pinto lançou Matías Fernandes e tirou André Martins mas aos 70’ minutos, Pedro Proença foi obrigado a interromper o jogo durante perto de dez minutos devido a um problema de iluminação do Estádio da Marinha Grande.

E num livre direto, a equipa da União de Leiria quase marcava o primeiro golo do jogo mas Rui Patrício negou o tento a Marcos Paulo.

Com 14 minutos de compensação, a equipa do Sporting foi para cima da União de Leiria à procura do golo da vitória mas sem objetividade. 

Quando faltavam dois minutos para o final da partida, Matías Fernandez foi chamado a marcar um livre frontal. Na hora da decisão, o médio chileno fez a diferença e deu a primeira vitória fora de casa aos leões cinco meses depois.

Com este resultado, o Sporting mantem a perseguição ao Marítimo para o quarto lugar enquanto o espectro da descida paira cada vez mais sobre a União Leiria.


© ÓrbitanewsSport 2011