Sporting

Sporting viaja até Braga para discutir terceiro lugar


sport bra

O líder Benfica e o segundo classificado FC Porto jogam em casa no encerramento da primeira volta.


Sporting de Braga e Sporting discutem no domingo o terceiro lugar da Liga de futebol, num jogo que já é decisivo para os lisboetas se manterem na corrida ao título, quando apenas se assinala o fecho da primeira volta.

Uma derrota em Braga, no jogo grande da 15.ª jornada, pode deixar o Sporting a 11 pontos do rival Benfica e a nove do campeão FC Porto, caso o líder – que pode dobrar a primeira volta no comando pela primeira vez em 18 anos - e o segundo classificado confirmem o favoritismo nas receções ao Vitória de Setúbal e ao Rio Ave, respetivamente.

Os “leões” já enfrentaram um desafio semelhante na ronda anterior, frente ao FC Porto, conseguindo manter viva a chama do título, mas tornando-a mais ténue ao empatar 0-0 na receção aos portuenses, que lhe custou mais dois pontos de atraso em relação ao Benfica e a colagem do Sporting de Braga.

Os minhotos souberam capitalizar o “nulo” em Alvalade, impondo-se por 2-1 no recinto do Beira-Mar no encerramento da 14.ª jornada, igualando o Sporting no terceiro lugar e ganhando embalagem para a receção a uma equipa sportinguista que, pelo contrário, parece atravessar um período de quebra acentuada.

Depois de ter reduzido de sete para um ponto o atraso em relação à liderança da prova, o Sporting desbaratou esse capital no último mês, durante o qual ganhou apenas um dos seis que disputou em todas as competições, voltando a dar sinais de fraqueza na quarta-feira, ao empatar 2-2 no último minuto em casa com o Nacional, para as meias-finais da Taça de Portugal.

Além do resultado pouco promissor e da exibição descolorida, o Sporting pode ter perdido temporariamente o seu melhor marcador, o avançado holandês Van Wolfswinkel, que saiu lesionado no início da partida, apesar de o regresso à titularidade de Jeffrén, após longa ausência devido a lesão, abrir boas perspetivas.

O Braga reforçou-se com o ex-nacionalista Luís Alberto, mas também está privado de Djamal, a representar a seleção líbia na antecâmara da Taça das Nações Africanas (CAN), e, apesar de atuar no seu estádio, não detém vantagem no confronto com os “leões” nos últimos confrontos, que terminaram com cinco vitórias para cada lado.

Perante o Setúbal, antepenúltimo posicionado, o Benfica dispõe de uma excelente oportunidade de terminar a primeira volta na liderança da Liga, o que aconteceu pela última vez na época 1993/94, apesar de em 2009/10 o ter feito em igualdade pontual com o Sporting de Braga, mas na segunda posição, antes de disparar para a conquista do título sob o comando de Jorge Jesus.

O treinador dos “encarnados” continua privado do estratego Aimar para a receção de sábado aos “sadinos”, que não ganham há seis jornadas e nunca se impuseram fora de casa, mas deverá poder contar com influentes Witsel, Gaitán e Cardozo, aparentemente recuperados das respetivas lesões.

O FC Porto não é menos candidato a uma vitória tranquila na receção ao Rio Ave, 12.º colocado com os mesmos pontos do Setúbal e que apresenta um registo em terreno alheio ainda mais desfavorável, contando com um único empate em sete encontros, à sexta jornada, com o Beira-Mar. 

Depois de ter deixado o Benfica isolar-se no topo da classificação ao empatar em Alvalade, o campeão nacional procura manter o rival a distância segura, mas não poderá contar com o médio João Moutinho, que está suspenso, enquanto o atraso na inscrição de Danilo coloca em risco a utilização do defesa brasileiro frente aos vila-condenses.

O Marítimo, quinto classificado, a três pontos de Sporting e Braga, pode aproveitar o embate no Minho para se aproximar, caso se imponha no estádio do Paços de Ferreira na sexta-feira, no jogo de abertura da jornada, enquanto Académica e Vitória de Guimarães discutem em Coimbra o sexto lugar.

O Beira-Mar, oitavo posicionado, visita o Olhanense com o “ouvido” em Coimbra, pois poderá recolher benefícios do embate entre “estudantes” e os vimaranenses, tal como, em menor escala, Gil Vicente e Nacional, que defrontam o Feirense e a União de Leiria, respetivamente.

Programa da 15.ª jornada:

Sexta-feira, 13 jan:
Paços de Ferreira – Marítimo, 20:15 (Sport TV1).

Sábado, 14 jan:
Feirense - Gil Vicente, 16:00.
Benfica - Vitória de Setúbal, 18:30 (Sport TV1).
FC Porto - Rio Ave, 20:30 (TVI).

Domingo, 15 jan:
Nacional - União de Leiria, 16:00.
Olhanense - Beira-Mar, 16:00.
Académica - Vitória de Guimarães, 18:00 (Sport TV1).
Sporting de Braga – Sporting, 20:15 (Sport TV1).


© ÓrbitanewsSport 2011