Godinho Lopes

«Ainda não deitámos a toalha ao chão»

O dirigente leonino garante que a equipa não vai deitar desistir de lutar apesar dos maus resultados.

godinho lopes

O presidente do Sporting Godinho Lopes considerou hoje que foram criadas muitas expetativas em torno da equipa de futebol, mas assumiu que os “leões” ainda não atiraram a toalha ao chão.

«Todos nós gostamos de resultados positivos. Tivemos dez vitórias consecutivas e criou-se o ambiente de acreditar que íamos ser campeões este ano. Isso é normal. Mas acho que se criaram muitas expetativas», resumiu Godinho Lopes em visita ao Núcleo Sportinguista de Vila Real de Santo António, antes do Olhanense-Sporting (0-0), da 16.ª jornada da Liga Portuguesa de futebol.

O máximo responsável “leonino” frisou que o Sporting merece as expetativas, mas sublinhou que, tendo em conta que é o primeiro ano da nova direção e da equipa, nem tudo é fácil.

«Não estou com isto a arranjar desculpas para os resultados, mas, se costumam ler o Jornal Sporting, sabem que sempre fui contra às euforias. Os jogos não se ganham por antecipação. Portanto, é jogo a jogo que se amealham pontos», esclareceu. 

O presidente “verde e branco” ressalvou que, apesar dos resultados negativos, a equipa ainda não deitou a toalha ao chão. 

«Nunca achámos que era chegar, ver e vencer. Estamos todos a trabalhar por um futuro sólido, consistente. Queremos o melhor para o nosso Sporting, mas temos que ter a família toda unida, de mãos dadas, na defesa do nosso clube. Estamos a trabalhar para o futebol de amanhã, para o Sporting de amanhã», sublinhou.

No que diz respeito às críticas que habitualmente são feitas ao Sporting, Godinho Lopes considerou “ser normal”: «Quem gosta do Sporting está preparado para ouvir críticas. No entanto, é importante saber dividir o que são críticas construtivas, das que não são». 


© ÓrbitanewsSport 2011