Benfica 3-0 Marítimo

Águias marcam encontro com o FC Porto



Nelson Oliveira e Rodrigo (2) marcaram os golos com que o Benfica bateu o Marítimo, no jogo que encerrou a fase de grupos da Taça da Liga. Encarnados recebem agora o FC Porto na meia-final.

benfi

Benfica apurou-se esta noite de domingo para as meias-finais da Taça da Liga, ao vencer o Marítimo por 3-0. Os encarnados venceram o grupo B, com nove pontos, e segue-se um escaldante Benfica-FC Porto na discussão pelo apuramento para a final da Taça da Liga.

O jogo começou mexido na Luz e a primeira equipa a criar perigo foi a do Marítimo: depois de ultrapassar Maxi Pereira em velocidade, Sami não teve destreza para ultrapassar Eduardo e a oportunidade perdeu-se.

O Benfica respondeu de imediato e Nolito desperdiçou a primeira ocasião encarnada. Saviola imitou-o e teve de ser o jovem Nélson Oliveira a mostrar como se faz: recebeu de Saviola pela direita, correu para a baliza e, depois de lhe tirar as medidas, atirou sem hipóteses para Salin. Estava feito o 1-0.

O Benfica estava melhor no jogo, dominava, mas o Marítimo voltou à tona: Sami deu sempre muito que fazer a Maxi Pereira e, num livre direto, Roberto Sousa tirou tinta ao poste da baliza de Eduardo. 

Até final do primeiro tempo, Nelson Oliveira foi sempre o mais ativo na frente de ataque dos encarnados, mas a falta de entendimento entre os homens da frente impediu as águias de criar maior perigo junto da baliza de Salin. 

Se na primeira parte Nelson Oliveira havia sido o melhor dos encarnados, o internacional sub-21 português entrou no segundo tempo novamente a mostrar serviço. Assistido por Saviola e depois de correr mais de 20 metros com a bola, rematou cruzado e a rasar o poste da baliza insular.

Seguiu-se nova oportunidade do jovem português, mas desta feita menos bem, rematando para defesa fácil de Salin, quando Saviola pedia a bola e estava em melhor posição.

benfic

O Benfica procurava com mais insistência o 2-0, mas esse só chegou já com Rodrigo em campo. O internacional sub-21 espanhol tem, de facto, outro futebol nos pés e deixou a sua marca no jogo, depois de uma jogada de ataque de grande qualidade dos encarnados: Nelson Oliveira assistiu Gaitán, o argentino meteu no centro da área e Rodrigo fez a festa do 2-0.

O Marítimo caiu de vez e nos minutos seguintes o Benfica podia ter aumentado a vantagem. Primeiro por Gaitán e depois por Nolito. Não conseguiram os extremos e Rodrigo teve de voltar a fazer o gosto ao pé: passou por Salin e rematou para a baliza deserta, fazendo o 3-0.

Não se marcaram mais golos na Luz, mas ainda houve mais um momento de festa: a entrada de Yannick Djaló foi festejada como um golo e o antigo jogador do rival Sporting até esteve perto de marcar.

Com este resultado, o Benfica apurou-se para as meias-finais da Taça da Liga e no final do mês de Março recebe, na Luz, o FC Porto.


© ÓrbitanewsSport 2011