Académica

Presidente critica operadores de câmara e André Gralha


A Académica saiu derrotada por 2-1 de Braga, no encontro que encerrou a 24ª jornada da Primeira Liga de futebol.

Após o encontro que valeu ao SC Braga a subida ao primeiro lugar do campeonato português, o presidente da Académica de Coimbra, José Eduardo Simões, dirigiu-se ao auditório do Estádio Axa para criticar a arbitragem de André Gralha e ainda os operadores de câmara que trabalham para a estação de televisão que transmitiu o encontro de fecho da 24.ª jornada.


«A Académica é um clube que gosta de jogar com sentido de justiça e com vontade de que o resultado não seja adulterado por outras questões.Espero que os operadores de câmara e os realizadores avaliem todos os lances da mesma forma, nomeadamente os que não foram mostrados», começou por dizer, esta segunda-feira, José Eduardo Simões.


«Há um fora de jogo do Mossoró no lance do segundo golo do SC Braga onde não houve repetição. E também num lance com o jogador Ferreira, que ficou com a camisola rasgada», disse o presidente da Académica, mostrando a referida camisola do atleta.


© ÓrbitanewsSport 2011