Itália

Itália segura terceiro lugar

A seleção de futsal transalpina derrotou a Croácia por 3-1, em jogo de atribuição do terceiro e quarto lugar do Europeu de futsal 2012.

futsal bol

Os golos da vitória italiana foram apontados por Assis (1’), Honorio (26’) e Mammarella (39’). Para a equipa da casa marcou Grcic (31’).

Na arena de Zagreb, cerca de dez mil pessoas assistiram à derrotada sofrida por parte da equipa da casa. A Croácia não é uma potência do futsal e taticamente tem as suas debilidades, mas colmata isso com um “grande coração”, muita vontade e alguns jogadores tecnicamente habilidosos. Não é por isso de estranhar que, perante dez mil pessoas, os croatas tenham deixado uma boa réplica perante a Itália no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugar.

Primeira parte

A Itália chegou cedo à vantagem. Ainda nem um minuto estava contabilizado quando Assis aproveitou uma primeira defesa do guarda-redes croata, Jukic, e rematou para fundo das redes. Seguiram-se alguns minutos em que os transalpinos poderiam ter aumentado a vantagem, fruto de remates de Fortino, Patias e Ippoliti.

Contudo, a Croácia viria a dominar os minutos finais do primeiro tempo com Marinovic e Despotovic a terem oportunidade de empatar a partida.

Segunda parte

Volvidos cinco minutos do início da segunda metade a Itália mostrou a sua maior qualidade na finalização. Numa boa jogada individual, Honorio conseguiu passar entre dois adversários e colocar a bola no fundo das redes de Jukic.

A Croácia não esmoreceu, até porque o público presente não deixou. Aos 31 minutos, Grcic reduziu a contenda, quando o selecionador, Mato Stankovic, já havia passado a utilizar a estratégia do cinco para quatro, com Novak como guarda-redes avançado.

A formação da casa continuou a procurar o golo, mas o guardião italiano, Mammarella, resolveu definitivamente a partida, a um minuto do fim, quando atirou a bola para a baliza deserta dos croatas, fazendo o 3-1, resultado final.

Desta forma, a Itália termina o Europeu de futsal 2012 no terceiro posto. Já os croatas, anfitriões da prova, conseguem um honroso quarto lugar.


© ÓrbitanewsSport 2011