Sporting 7-1 Benfica

Sporting deu 7-1 ao Benfica há 25 anos

Assinala-se esta quarta-feira 25 anos desde a histórica goleada doSporting ao Benficapor 7-1.

Foi a 14 de dezembro de 1986 que Manuel Fernandes e companhia escreveram uma das páginas mais memoráveis dos leões e, simultaneamente, uma das mais embaraçosas da história dos encarnados.

Os golos de Meade, Mário Jorge (2) e Manuel Fernandes (4) destroçaram a equipa da Luz, que apenas marcou por Vando. O jogo até esteve com o resultado em 2-1, mas uma segunda parte de sonho do Sporting - treinado por Manuel José - arrasou o Benfica.

Curiosamente, essa foi a primeira derrota interna do clube da Luz nessa temporada e nem mesmo a goleada travou a formação comandada então por John Mortimore de se sagrar campeã nacional. 

«Nos últimos quinze minutos senti que em vez de sete golos podiam ter sido oito, nove, dez ou onze, porque o Benfica, que na altura liderava o campeonato, era uma equipa entregue e sem reação», confessou Manuel Fernandes. Já Veloso recorda esse jogo com menos saudade do que o avançado leonino: «Nunca tive uma derrota tão grande como aquela... nem parecida. Acabámos por ser campeões na mesma.»

Recorde a ficha de jogo desse memorável dérbi de 14 de dezembro de 1986:

Estádio de Alvalade (14 de dezembro de 1986).

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores: 1-0, Mário Jorge (15); 2-0, Manuel Fernandes (50), 2-1, Vando (59), 3-1, Meade (65), 4-1, Mário Jorge (68), 5-1, Manuel Fernandes (71), 6-1, Manuel Fernandes (83), 7-1, Manuel Fernandes (86).

Equipas:

- Sporting: Damas, Gabriel, Venâncio, Virgílio, Fernando Mendes (Duílio, 78), Oceano, Zinho, Litos (Silvinho, 78), Mário Jorge, Manuel Fernandes e Meade.

(Suplentes: Vital, Duílio, Negrete, Silvinho e Mc Donald).

- Benfica: Silvino, Veloso, Dito, Oliveira, Álvaro, Shéu (Nunes, 58), Carlos Manuel, Diamantino (César Brito, 72), Vando, Chiquinho e Rui Águas.

(Suplentes: Neno, Samuel, Nunes, Zivkovic e César Brito).

Árbitro: Vítor Correia (Lisboa).


© ÓrbitanewsSport 2011