Can2012

"Bomba" de Manucho garante vitória na estreia no CAN2012


Angola venceu o Burquina Faso por 2-1, em jogo da 1ª jornada do Grupo B do CAN2012. Mateus e Manucho fizeram os golos dos Palancas, Traoré marcou para a formação do português Paulo Duarte.


angola

Um potente remate de fora da área de Manucho garantiu a primeira vitória dos "Palancas Negras" no jogo de estreia do CAN. Angola está assim bem lançada para conseguir passar aos quartos-de-final

Jogando em 4-4-2 com Djalma e Mateus nas alas, e Flávio e Manucho à frente, cabia a Gilberto toda a organização do futebol ofensivo dos Palancas. Angola privilegiava o ataque pelos corredores, tentanto tirar partido da velocidade e técnica de Mateus e Djalma, apoiados por Airosa à direita e Miguel à esquerda.

À medida que o tempo passava, Angola ia acentuado a sua pressão junto da área dos "Garanhões". A formação de Lito Vidigal tentava também tirar partido dos lances de bola parada e esteve quase a fazer o golo antes do intervalo quando Flávio ficou à centímetros de desviar para a baliza um livre de Gilberto.

Do lado dos burkinabes, o perigo vinha sempre de Pitroipa mas também de Dagano. Marco Airosa viu-se muitas vezes aflito para travar Pitroipa mas venceu a maioria dos duelos, graças a ajuda dos centrais.

                                      Dupla M&M para a vitória

Angola entrou a todo o gás na segunda parte e dois minutos volvidos marcou.  Depois de uma boa jogada ofensiva, a defesa burkinabe demorou a tirar a bola, que chegou à Mateus. O avançado do Nacional tirou um adversário do caminho e rematou cruzado para o 1-0.

Este golo "despertou" a formação de Paulo Duarte que partiu à procura da igualdade, conseguida ao minuto 55. Na marcação de um livre, Alan Traoré rematou colocado, deixando Carlos "pregado" ao relvado. A bola entrou pelo lado do guarda-redes, que esperava o remate para o outro lado.

Angola parecia desorientada no terreno e o Burkina Faso aproveitou para criar alguns lances de perigo, que iam sendo resolvidos, muitas vezes de forma atabalhoada, pela defesa angolana. Lito Vidigal pressentia o perigo e fez sair Flávio, muito apagado, para dar o seu lugar a Dedé, reforçando o meio-campo dos Palancas.

Num momento em que o Burkina Faso estava melhor no jogo, seria Angola a marcar. Pressão alta dos angolanos, um defesa dos "Garanhões" entregou mal a bola que sobrou para Manucho. O avançado tirou um adversário do caminho e já em queda, desferiu um remate fortíssimo, de fora da área, fazendo o 2-1 para os Palancas.

O Burkina Faso tentou de todas as formas chegar ao golo mas Carlos e companhia iam resolvendo todos os problemas.

Angola está assim bem lançada para garantir o apuramento para a fase seguinte. Foi a primeira vitória no jogo de estreia, em seis participações. Angola lidera o grupo B com os mesmos três pontos da Costa do Marfim, mas com mais um golo marcado.


© ÓrbitanewsSport 2011