Sporting 26-25 FC Porto

Sporting derrota FC Porto e conquista troféu

Os “leões”, que não conquistavam o troféu desde a época 2004/05, são os recordistas em triunfos na competição, à frente do ABC, que conta 10.

Numa partida muito disputada e com a vantagem a oscilar ora para um lado ora para o outro, foi a equipa ”leonina” quem conseguiu segurar a vantagem no final do tempo regulamentar e sucedeu assim ao Benfica, vencedor da última edição, no palmarés da competição.

andebol-sporting

Recordista de títulos na Taça de Portugal, com 13, mais três que o ABC, o Sporting teve em Pedro Solha o seu melhor marcador, com sete golos, seguido de Rui Silva, com seis, e de Daniel Muresan, com cinco.

Depois de alguma vantagem do FC Porto no início da partida, o Sporting empatou a oito, cerca dos 15 minutos do encontro, e a partir daí o resultado foi sempre oscilando entre o empate e um golo de diferença para os campeões nacionais.

Ao intervalo, as duas equipas estavam empatadas a 13 e, no início da segunda parte, o Sporting chegou pela primeira vez à vantagem, mas o FC Porto, com dois golos sem resposta, voltou para a frente do marcador.

O Sporting voltou a assumir a liderança as 47 minutos (22-21) e nem um cartão vermelho a João Pinto, que deixou a equipa com menos um jogador, impediu o clube de Alvalade de ganhar uma vantagem de dois golos (24-22).

Mas uma nova exclusão, desta vez de Pedro Portela, fez com que o FC Porto empatasse a 24, até aos minutos finais, quando Pedro Solha marcou o 26-25 e estabeleceu o resultado final, a cerca de um minuto do fim.

O FC Porto pediu tempo morto e ainda colocou Gilberto Duarte como guarda-redes avançado, mas já não conseguiu o golo do empate e forçar o prolongamento.

O Sporting arrebatou assim a sua 13.ª Taça de Portugal, numa partida muito renhida e emocionante.


© ÓrbitanewsSport 2011