Elisabete Jacinto

Terceira vitória de Elisabete Jacinto (MAN)


elisabeth jacinto 1

Bom começo de ano para Elisabete Jacinto (MAN) que averbou a terceira vitória, entre os camiões, no “Africa Race”.

Num Sector Selectivo com 376 km, a piloto portuguesa ganhou 6.20 ao checo Tomas Tomecek (Tatra), reduziu a sua desvantagem, em relação ao comandante dos “pesos pesados” para 37.02 e manteve o quinto lugar na classificação conjunta automóveis/camiões.

No final da etapa, Elisabete Jacinto reconhecia que «a etapa correu sem grandes percalços e o ponto alto foi quando apanhámos o Tatra, ao fim de 50 quilómetros. Andámos outros tantos atrás dele, até que conseguimos apanhar uma pista paralela e ganhar alguma vantagem, mas depois tivemos de fazer corta-mato para regressar à pista correcta, mas correu tudo bem».

A piloto portuguesa acrescentou ainda que «as pistas eram de um modo geral rápidas, mas havia algumas mais estreitas que são boas para os carros, mas que nos obrigam, nos camiões, a colocar um dos rodados fora da pista, o que contribui para termos de andar mais devagar».

Nos automóveis, o francês Jean-Louis Schlesser (Schlesser) voltou a ser o mais rápido no Sector Selectivo e aumentou para 9.37 a vantagem sobre o seu compatriota Regis Delahaye.

Nas motos, a Yamaha, por intermédio do francês Andre Lenoble, conseguiu interromper o domínio que a KTM tem exercido e “saltou” de nono para sexto, com o italiano Oscar Polli (KTM), que não foi além do nono tempo no Sector Selectivo, a conservar o comando, mas a ver o francês Norbert Dubois (KTM) reduzir para 7.28 a diferença de tempo que os separa, com o terceiro, o francês Xavier Moreau (KTM) a estar já a mais de um hora do comandante

Amanhã, a caravana cumpre a derradeira etapa em Marrocos, que a vai levar de As Sakn a Dahkla, localidade situada junto ao Oceano Atlântico, onde chegará, depois de um Sector Selectivo de 376 km, a que se segue uma ligação de mais 348 km.

CLASSIFICAÇÕES

SECTOR SELECTIVO (376 km)

AUTOMÓVEIS/CAMIÕES – 1.º, Jean-Louis Schlesser/Cyril Esquirol (Schlesser), 3.21.34; 2.º, Regis Delahaye/Konstatin Zhiltsov (MD Rallye), 3.25.23; 3.º, Sergey Savenko/Denis Maltsev (Buggy), 3.31,27; 4.º, Michel Turon-Barrere/Didier Haquette (Buggy), a 3.36.49; 5.º, Yves Fromont/François Fromont (Buggy), 3.38.59; 6.º, Jacques Loomans/Frits Driesmans (Overdrive), 3.39.13; 7.º, ELISABETE JACINTO/JOSÉ MARQUES/MARCO COCHINHO (MAN), 3.41.49 (1.º dos camiões); 8.º, Phillippe Porcheron/Cedric Rivet (Buggy), 3.43.13; 9.º, Tomas Tomecek/Vojtech Moravek (Tatra), 3.48,09 (2.º dos camiões); 10.º, Gerard Dubuy/Jean de France (MD Rallye), 3.50.16.

MOTOS – 1.º, Andre Lenoble (Yamaha), 4.21.53; 2.º, Xavier Moreau (KTM), 4.25.11; 3.º, Joseph Palácios (KTM), 4.41.20; 4.º, Herve Thierry (Yamaha), 4.49.35; 5.º, Christophe Conreau (Honda), 4.58,50; 6.º, Gilles Vanderweyen (BMW), 4.59,06; 7.º, Norbert Dubois (KTM), 5.02.20; 8.º, Thomas Schattat (Yamaha), 5.04.32; 9.º, Óscar Polli (KTM), 5.04.46; 10.º, Bertrand Besse (Suzuki), 5.48.02.

GERAL, APÓS A QUINTA ETAPA ETAPA

AUTOMÓVEIS/CAMIÕES – 1.º, Jean-Louis Schlesser/Cyril Esquirol (Schlesser), 17.04.27; 2.º, Regis Delahaye/Konstatin Zhiltsov (MD Rallye), a 9.37; 3.º, Jacques Loomans/Frits Driesmans (Overdrive), a 40.04; 4.º, Tomas Tomecek/Vojtech Moravek (Tatra), a 2.18.46 (1.º dos camiões); 5.º, ELISABETE JACINTO/JOSÉ MARQUES/MARCO COCHINHO (MAN), a 2.53.48 (2.º dos camiões); 6.º, Yves Fromont/François Fromont (Buggy), a 3.04.49; 7.º, Michel Turon-Barrere/Didier Haquette (Buggy), a 3.23.36; 8.º, Erwin Imschoot/Werner Zoetaert (Toyota), a 4.29.34: 9.º, Gilles Florin/Herve Cotel (Cotel), a 5.08,17; 10.º, Maxim Kirpilev/Vadim Shmaylov (Toyota), a 5.17.53.

MOTOS – 1.º, Óscar Polli (KTM), 22.19,43; 2.º, Norbert Dubois (KTM), a 7.28; 3.º, Xavier Moreau (KTM), a 1.03.58; 4.º, Herve Thierry (Yamaha), a 2.54.53; 5.º, Joseph Palácios (KTM), a 3.00.36; 6.º, Andre Lenoble (Yamaha), a 3.45.05; 7.º, Thomas Schattat (Yamaha), a 4.01.49; 8.º, Christophe Conreau (Honda), a 4.02.15; 9.º, Gilles Vanderweyen (BMW), a 4.18.58; 10.º, Bertrand Besse (Suzuki), a 9.16.22


© ÓrbitanewsSport 2011