Elisabete Jacinto

Elisabete Jacinto consagrada no emblemático Lac Rose


elisabete jacinto

Segundo Elisabete Jacinto, África continua a ser um espaço fabuloso para corridas de todo-o-terreno, salientando que é para este continente que continua a prioridade da sua equipa.


A piloto portuguesa Elisabete Jacinto, que no sábado terminou o África Eco Race em 2.º lugar nos camiões e em 4.ºda geral, despediu-se hoje da prova com uma etapa de consagração no mítico Lac Rose, em Dakar.

Elisabete Jacinto, aos comandos de um MAN TGS, cumpriu a especial disputada em torno do Lac Rose, no 2.º lugar entre os camiões e com o 4.º melhor tempo da geral, por sinal exatamente o mesmo resultado alcançado no final de 10 dias de corrida.

As partidas na praia foram dadas em linha para grupos de cinco concorrentes, tendo a portuguesa saído no primeiro, onde estava também o vencedor absoluto, Jean Louis Schlesser.

Elisabete Jacinto e o checo Tomecek, vencedor nos camiões e segundo da geral, ao volante de um Tatra, protagonizaram um empolgante duelo, que terminou apenas na linha de chegada, com os dois pesados separados por três segundos.

«Foi um picanço enorme. Na praia conseguimos arrancar à frente, mas depois o Tomecek passou-nos. Viemos no pó, mesmo colados à traseira do Tatra, mas não deu para o ultrapassar», referiu Elisabete Jacinto.

Para a piloto portuguesa, a especial “foi o culminar em beleza de uma prova magnífica, com um percurso irrepreensivelmente escolhido pelo René Metge e onde a nossa equipa mais uma vez se superou”.

«O balanço é extremamente positivo e saímos daqui com uma enorme vontade de continuar a evoluir para fazer ainda melhor e conquistar mais vitórias», adiantou a piloto, após terminar a especial do Lac Rose e de subir ao pódio.


© ÓrbitanewsSport 2011